A História do Boné

A palavra boné tem origem na França. Na verdade, era o nome que se dava ao ofício das pessoas que viviam de tecer, em malha, coberturas para cabeças, na época chamadas de casquetes de malha.

O boné mais antigo de que se tem notícia é um que está em um museu na França, que tem aproximadamente 2.250 anos. Diz a lenda que em 1800 um açougueiro inglês inventou o boné mais próximo do que conhecemos hoje, feito em gomos, com alça regulável na parte de trás e uma abertura. Essa inovação possibilitaria que se fabricassem bonés em escala industrial, e pessoas com tamanhos de cabeças diferentes poderiam usar o mesmo modelo, já que ele passou a ser regulável.

No final do século 19, especialmente com os atletas americanos de beisebol, tornou-se popular o modelo com copa justa e pala larga. Esse modelo era prático por proteger os olhos dos jogadores do sol e por se manter firme na cabeça mesmo enquanto eles corriam. Com o final da 2ª Grande Guerra, o modelo americano tomou conta do mundo, e passou a ser fabricado em diversos materiais: couro, veludo, vinil, PVC, e passou a ter cores vivas e ser utilizado como importante peça de divulgação de marcas. Diz-se, também, que a Nike está estudando novos modelos para serem utilizados por jogadores de futebol durante as partidas. Serão modelos desenvolvidos de forma a potencializar as cabeçadas, possibilitando aos atletas dar efeitos na bola com um leve movimento de pescoço. Além dos esportes, a política também usa sobremaneira os bonés.

No Brasil, o boné é uma verdadeira mania. É a própria imagem do esporte, estilo, atitude, juventude e atividades saudáveis. Assim, facilmente alcançou o status de acessório de moda.

O boné é versátil. Cumpre seu papel no mundo da publicidade, divulgando e fortalecendo empresas, eventos e marcas. É peça obrigatória no mercado de brindes. Está cada vez mais presente nas importantes passarelas do mundo.

O boné veste cabeças de operários e celebridades. E movimenta uma das cadeias produtivas que mais gera emprego e renda no país.

tel. 71 3431-6969
bones@pontoearte.com.br
© 2012 - Todos os direitos reservados à Ponto e Arte